Quero uma vida azul-piscina!

Quero uma vida azul-piscina!

Gosto de pensar assim: se a gente faz o que manda o coração, lá na frente, tudo se explica.

Gosto de pensar assim: se a gente faz o que manda o coração, lá na frente, tudo se explica.

Por ele eu vou até o Acre e me finjo de índia.

Por ele eu vou até o Acre e me finjo de índia.

Meu mundo

Meu mundo
Mundo

segunda-feira, 29 de novembro de 2010


" A fúria da chuva lavou o telhado
E o cansaço nos fez a vigília enfrentar.
As ruínas são restos, mas não do que acabou,
E sim do que morreu pra recomeçar."

O
swaldo Montenegro

"Há tanta gente que não tem religião, mas tem compaixão, afetividade, consciência dos direitos dos outros.
Por isso, defendo uma terceira via de espiritualidade por meio da educação;
não pela meditação, nem pela oração,
mas através da consciência."


Dalai Lama



“Não queremos perder, nem deveríamos perder:
saúde, pessoas, posição, dignidade ou confiança.
Mas perder e ganhar faz parte do nosso processo
de humanização."

Lya Luft


Meus olhos marejam quando ainda ouço
O barulho da chuva na minha janela
Saudades me acolhem
Em forma de nuvens passageiras
Lembranças de uma infância ...
Do cheiro do mato molhado
Da terra regada
Da alegria da criançada
Da roupa molhada
Da alma lavada ...

Cada amigo é feito uma estrela
mesmo distante, irradia nossa
vida.







“Há dias cheios de vento, há dias cheios de raiva...
há dias cheios de lágrimas
Mas depois...
há dias cheios de amor, que nos dão coragem
de ir em frente em todos os dias da nossa vida! “

((M. Batagglia))

Almas Perfumadas


Tem gente q tem cheiro
d passarinho qdo canta,
d sol quando acorda,
d flor quando ri.
Ao lado delas,
a gente se sente no balanço d uma rede
q dança gostoso numa tarde grande,
sem relógio e sem agenda.
Ao lado delas,
a gente se sente comendo pipoca na praça,
lambuzando o queixo d sorvete,
melando os dedos com algodão doce
da cor mais doce q tem pra escolher.
O tempo é outro.
E a vida fica com a cara q ela tem d verdade,
mas q a gente desaprende d ver.
Tem gente q tem cheiro
d colo d Deus,
d banho d mar
qdo a água é quente e o céu é azul.
Ao lado delas,
a gente sabe q os anjos existem e q alguns são invisíveis.
Ao lado delas,
a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo,
sonhando a maior tolice do mundo
com o gozo de quem não liga pra isso.
Ao lado delas,
pode ser abril,
mas parece manhã d Natal,
do tempo em q a gente acordava
e encontrava o presente do Papai Noel.
Tem gente q tem cheiro
das estrelas q Deus acendeu no céu
e daquelas q conseguimos acender na Terra.
Ao lado delas,
a gente não acha q o amor é possível,
a gente tem certeza.
Ao lado delas,
a gente se sente visitando um lugar feito d alegria,
recebendo um buquê d carinhos,
abraçando um filhote d urso panda,
tocando com os olhos os olhos da paz.
Ao lado delas,
saboreamos a delícia do toque suave
q sua presença sopra no nosso coração.
Tem gente q tem cheiro
d cafuné sem pressa,
do brinquedo q a gente não largava,
do acalanto q o silêncio canta,
d passeio no jardim.
Ao lado delas,
a gente percebe q a sensualidade
é um perfume q vem d dentro
e q a atração q realmente nos move
não passa só pelo corpo.
Corre em outras veias.
Pulsa em outro lugar.
Ao lado delas,
a gente lembra q no instante em q rimos
Deus está conosco, juntinho, ao nosso lado.
E a gente ri grande q nem menino arteiro.
Tem gente como vc,
q nem percebe como tem a alma perfumada
e q esse perfume é dom d Deus.

(Carlos Drummond de Andrade)

Compaixão

Podes ter tudo, poder e dinheiro,
saúde a rodos, energia, pão,
mas nunca serás justo nem inteiro
se não tiveres o dom da compaixão,
se não souberes a tempo dar a mão
a quem à tua volta precisar
nem que seja da graça de um olhar.

Se não te comove a fragilidade,
que afinal todos temos em comum
mas em dose diferente cada um,
jamais hás-de ser gente de verdade.

- Torquato da Luz -



Na grande noite tristonha,
Meu pensamento parado
Tem quietudes de cegonha
Numa beira de telhado.

- Na grande noite tristonha...

E eu sonho o meu sonho oculto
De ave triste, - que não voa,
Detida a ver o teu vulto
De cetro, manto e coroa...

- E eu sonho o meu sonho oculto...

Cecília Meireles



“Meu livro é um jardim na doçura do Outono
E que a sombra amacia
De carinho e de afago
Da luz serena do final do dia;
É um velho jardim dolente e triste
Com um velho local de silêncio e de sono
Já sem a luz de verão que o doire e tisne,
Mas onde ainda existe
O orgulho de um Cisne
E a água triste de um Lago.”

Mário Pederneiras


É preciso que exista uma janela no quarto para que à noite debruçada possa roubar um raio da lua e de dia para o sol entrar faceiro e banhar o gato estendido no parapeito. Todos os dias é preciso uma janela para se ter a perspectiva de coisas novas de horizonte que desponta lá longe onde nasce o dia e cá dentro onde mora a esperança

Lou witt

É preciso que exista uma janela no quarto para que à noite debruçada possa roubar um raio da lua e de dia para o sol entrar faceiro e banhar o gato estendido no parapeito. Todos os dias é preciso uma janela para se ter a perspectiva de coisas novas de horizonte que desponta lá longe onde nasce o dia e cá dentro onde mora a esperança

Lou witt

sábado, 20 de novembro de 2010


Tudo o que eu preciso pra viver carrego
sem ocupar as mãos.
Tudo o que eu preciso pra ser feliz não se
transporta numa caixa,
não se guarda numa bolsa,
nem pesa nos ombros.
Carrego comigo o que é possível pra me
movimentar livre, nesse mundo tão cheio de coisas.
Assim fica mais fácil viver e andar por aí.
Porque coisas ocupam espaços, atravancam caminhos,
bloqueiam a visão.
As coisas que não cabem no coração, pesam nos braços.
Por isso eu carrego só coisas que caibam aqui,
nos sonhos que eu inventei pra ser feliz.

LENA GINO



Desejo que seu caminho
se abra para a felicidade,
por onde você passar.
E se por ventura,
você encontrar espinhos
nesse caminho,
retire-os com sabedoria
e plante nele a semente
do amor.



**CARLOS GUSTAVO **


Falando de amor...
O amor não pode ser apenas uma escolha,
em nome dele e por ele,
se deixar diminuir como pessoa.
Não deveria ser sentir dor,
mergulhar em desapontamentos e mágoas.
As pessoas vivem se sufocando,
assassinando seus sonhos,
deixando-os abandonados, largados
ao longo da estrada.
O amor não deve ser uma sentença,
uma mutilação de nossa identidade.
O amor deve ser a força que completa,
que nos torna uma pessoa sempre melhor,
seguindo juntos ou separados,
que juntam sonhos e vivem,
compartilhando a mesma realidade.


- Betânia Uchôa -